10 notas para pensar

1) Estão querendo acabar com o (a) – nunca sei se é feminino ou masculino – trema. Agora querem que a gente fale cinKenta, linGUiça, etc. Daqui a pouco vão banir o Ç também. E a pergunta que não quer calar: por que não excluem o TU e o VÓS? A bíblia ficaria mais compreensível.

2) Dizem que é errado falar “mais grande”, “mais pequeno”, “mais maior”, “mais menor”, etc. Mas ninguém reclama quando, ao referir-se a um deputado, fala-se que “vossa senhoria é mais ladrão do que Fulano.” Sinceramente, não vejo a menor diferença com as locuções acima.

3) O Millôr, em seus artigos pra Veja, tem o costume de ironizar os intelectuais do nosso país, chamando-os de “inteleqtuais”. Não entendo. Faria mais sentido chamá-los de emtelequitoais.

4) Quem foi o filho-da-mãe que deixou o Bush ganhar no War quando criança? Ele cresceu e agora tá mal acostumado achando que pode ir entrando nos territórios alheios com um simples rolar de dados.

5) Ainda não assisti Tropa de Elite. O emule tá muito lerdo nesses dias.

6) A bossa-nova é patrimônio cultural da cidade do Rio de Janeiro. Merecido. Mas agora eu me pergunto: Sampa é bossa-nova?

7) A porcaria do horário de verão chegou. E nunca consegui entendê-lo. O seu objetivo é a economia de energia, certo? 18h estaria escuro, logo, acenderíamos as luzes no horário normal. Mas no horário de verão, não. Acendemos depois das 19h e olhe lá. Mas, ao acordamos às 6h da manhã, tá escuro do mesmo jeito, ou seja precisamos acender as luzes (no horário de verão o que não ocorria no horário de inverno). Ou seja, a hora em que estamos economizando a luz não adiantam de nada, uma vez que gastamos uma outra hora do dia. Entenderam? Pra quê então, essa porcaria de horário de verão?

8) Depois de ter aula específica de geografia, fiquei sabendo que o México não é só o país dos sombreros, piñatas, tortillas, chilli e RBD. É dos chiapas também.

9) Agora eu posso dizer que o Dunga é treinador de verdade. Depois de ter tratado com grosseria um repórter da ESPN Brasil numa coletiva de imprensa, ele mostrou estar apto para estar no mesmo clubinho de Vanderlei Luxemburgo.

10) Finalmente entendi porquê o Felipão meteu aquele soco no zagueiro da Sérvia. Depois de ter visto um jogo de rúgbi da seleção de Portugal, tive vontade de fazer o mesmo.

Anúncios

TrackBack Identifier URI