A viagem do Rocha

O Rocha já tinha planejado uma viagem com sua amiga pra Buenos Aires antes de começar a namorar a Luna. Para evitar flamengarias e poder explicar eventuais fotos com a amiga ao lado, ele decidiu falar que ia com a amiga, também jornalista, a trabalho para Porto Velho e inventou uma chacina de índios na região.
– Mas por que VOCÊ tem que sair daqui de Belo Horizonte pra ir ATÉ Porto Velho?
– É que os repórteres da região estão de greve.
– Greve?
– Além do mais, parece que tinha um índio que nasceu em Minas e foi uma das vítimas…
– Sério?
– Opa! Baita furo jornalístico, hein? Não posso perder a oportunidade!
– Verdade! Estou tão orgulhosa!
Quando voltou de viagem, Luna esperava ansiosa para saber como foi a reportagem.
– Um sucesso! – resumiu Rocha.
– Me mostra as fotos?
– Claro, claro… aí estão…
– Deixa eu ver… ué… Porto Velho tem a Casa Rosada?
– É a casa do prefeito… dizem que ele é meio veado.
– E quem é esse do seu lado? Maradona???
– Hahaha! Também achei que fosse! É incrível o que achamos nesse brazilzão, né? É um sujeito lá que é sósia do Maradona! Igualzinho, né? Hahahaha!
– Até demais… e não sabia que fazia frio em Porto Velho…
– É que peguei uma gripe lá. Sabe como é, né? Floresta, mosquitos, malária… baita febrão!
– Tadinho! E cadê os índios???
– Não te falei que eles estavam sendo mortos? Sobrou nenhum pra contar a história, ou melhor… tirar uma foto! Hahahahahaha!
– Hahahahahaha! Ai ai… e quando vai aparecer a reportagem?
– Foi suspensa por causa da greve.

Anúncios

TrackBack Identifier URI